Boyden Executive Search

Boyden Portugal Insights

News Releases
Boyden Portugal em expansão

Bernardo Costa Macedo é o novo Partner da Boyden Portugal e passa a liderar o novo escritório da multinacional no Porto.

 

Lisboa, 15 de maio de 2019 - A Boyden Portugal está em expansão. A multinacional líder de mercado em Executive Search abre escritório no Porto e escolhe Bernardo Costa Macedo para liderar o novo escritório, tendo-o igualmente nomeado Partner.

“A abertura do escritório no Porto apoia a estratégia da Boyden Portugal de continuar a prestar aos seus clientes serviços de excelência alicerçados nas melhores práticas e numa exemplar integridade, posicionar a empresa e alcançar uma cada vez maior relevância no panorama nacional e internacional”, afirma Fernando Neves de Almeida, Country Manager da Boyden Global Executive Search Portugal.

A Boyden Portugal foi a primeira empresa internacional de Executive Search a chegar ao mercado Português em 1986 e ao longo das últimas três décadas tem revelado uma profunda capacidade de entendimento da cultura organizacional dos clientes e dos desafios a que os profissionais a contratar estarão sujeitos; desenvolve um recrutamento profissional, executado com grande rigor e chega à totalidade dos profissionais potencialmente interessantes do mercado para uma determinada posição em Portugal.

“Numa altura em que a competição pelo talento é intensa, a Boyden Portugal continua a destacar-se e a afirmar-se no mercado por perceber quais as pessoas que encaixam na cultura organizacional do cliente, nos desafios inerentes à posição em causa e no momento de vida da empresa”, acrescenta Fernando Neves de Almeida.

Nesta perspetiva, a nomeação de Bernardo Costa Macedo como Partner da Boyden Portugal é o corolário da mais valia trazida pelo consultor desde que integrou a organização como Advisor, no início de 2017.

A sua experiência, num percurso profissional que integrou posições de gestão em consultoria em Portugal e no Brasil, e com responsabilidades de chefia, assume particular relevância na resposta aos atuais desafios do Executive Search.

“Com Bernardo Costa Macedo, a Boyden Portugal distingue-se como a empresa portuguesa de Executive Search mais versátil do ponto de vista da multiplicidade de experiências profissionais. O desempenho evidenciado por este profissional de excelência tem catapultado a relevância da organização no panorama nacional, consolidando as suas competências e capacidades”, diz o Country Manager da Boyden Portugal, Fernando Neves de Almeida.

Bernardo Costa Macedo, licenciado em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, trabalhou 27 anos na Accenture, tendo liderado o escritório do Porto daquela organização durante 15 anos. Mudou-se para São Paulo, Brasil, em 2010, onde liderou a área de Infrastructure and Transportation da Accenture na América Latina até finais de 2014, momento em que regressou a Portugal. Assume agora o desafio de liderar o escritório da Boyden Portugal no Porto.

Para Bernardo Costa Macedo “a vertente organizacional, dos recursos humanos e da sua liderança é a que se destaca como a dimensão de maior relevância para o sucesso das organizações” numa altura em que a transformação digital está no topo de todas as agendas.

Segundo o novo Partner da Boyden Portugal, “o reconhecimento da Boyden como uma empresa de excelência na prestação de serviços ligados à vertente de Recursos Humanos deu-me a oportunidade de trabalhar na área onde acredito pode ser gerado maior valor para as empresas. E ao contrário do que a tecnologia aparenta, este momento de emergência de novas ferramentas e hábitos de âmbito digital tem revelado a cada vez mais imperiosa necessidade da contratação de serviços de Executive Search”.

“O desafio de ser Partner na Boyden vem reforçar a importância e a responsabilidade do recrutamento profissional para o desenvolvimento e crescimento das empresas e dos mercados, uma vez que os recursos humanos são o asset mais importante de uma empresa e esta tem de os cuidar bem, seja na atração ou na retenção de talento”, afirma Bernardo Costa Macedo.

In the Media
OPINIÃO: “ENERGIA EÓLICA CONQUISTA RELEVÂNCIA NOS EUA”

A Ambiente Magazine partilha o artigo de opinião de Patrick Schwarz, Senior Advisor da Boyden Global Executive Search, sobre a crescente evolução do mercado da energia eólica. 

No artigo, Patrick Schawarz abordas as questões mais relevantes sobre a indústria, especialmente sobre as oposições ao desenvolvimento,as offshore wind farms e as vantagens da tecnologia no implementação deste tipo de projetos. 

News Releases
Mais de metade das empresas não está preparada para a transformação digital

A transformação digital das organizações está longe de concluída e tem ainda vários obstáculos pela frente. Um relatório da Boyden identifica uma perceção generalizada da importância de uma estratégia digital de sucesso, a par dos desafios que dificultam a sua implementação.

Lisboa, 29 de abril de 2019 - O relatório  “The Digital Savvy C-Suite and Boardroom realizado pela Boyden Global Executive Search revela que 53% dos gestores acredita que a administração ou a liderança senior das suas empresas não está preparada para implementar uma estratégia digital bem-sucedida. A explicação para esta afirmação reside nos principais desafios que a implementação de uma estratégia digital implica, nomeadamente o considerável investimento que é necessário realizar em ferramentas e recursos digitais e a existência de KPI antiquados que não demonstram o retorno desse investimento a curto prazo.

A relevância desta questão torna-se evidente quando apenas 48% dos mais de 1200 gestores inquiridos no relatório afirma que é dada uma grande importância à formação digital nas organizações onde trabalham. Face aos resultados, o documento tem como objetivo preparar estrategicamente as empresas para uma transformação digital bem-sucedida. É essencial perceber de que forma as transformações digitais podem impactar as empresas, em geral, e as tarefas dos seus colaboradores, em particular.

Como explica Gray Hollet, CMO da Boyden Global Executive Search “os principais líderes percebem que é imperativo que os quadros da administração acompanhem tudo, desde a Inteligência Artificial até ao comércio eletrónico e à análise de dados, ou arriscam a viabilidade da empresa e das suas próprias carreiras”.

No inquérito, os gestores assumem maioritariamente duas posições. Por um lado, grande parte afirma serem criadas funções executivas exclusivamente para responder aos desafios criados pelo novo cenário digital. Por outro, alguns gestores assumem que existe uma reorganização de determinados departamentos para a implementação de estratégias para a transformação digital.

Para Fernando Neves de Almeida, Managing Partner da Boyden Global Executive Search Portugal, “na Boyden temos como objetivo identificar, de forma eficaz, os melhores profissionais para garantir o sucesso das estratégias digitais nas empresas portuguesas. É importante integrar nas empresas uma nova geração de líderes, que sejam mais ágeis e que não vejam o digital como uma tarefa a ser realizada, mas sim como uma cultura e uma mentalidade. Cada vez mais os gestores de topo têm a noção da importância desta nova geração, mas ainda falta dar esse passo”.

O estudo veio confirmar a necessidade de os líderes aprofundarem as ferramentas digitais, examinando o seu potencial e implementando estratégias digitais que englobem todos os departamentos e recursos das organizações. Ainda que as habilidades digitais sejam importantes, as características pessoais e os traços de liderança são críticos para guiar as empresas neste contexto de mudança digital.

News Releases
Mais de metade das empresas não está preparada para a transformação digital

A transformação digital das organizações está longe de concluída e tem ainda vários obstáculos pela frente. Um relatório da Boyden identifica uma perceção generalizada da importância de uma estratégia digital de sucesso, a par dos desafios que dificultam a sua implementação.

 

Lisboa, 29 de abril de 2019 - O relatório  “The Digital Savvy C-Suite and Boardroom” realizado pela Boyden Global Executive Search revela que 53% dos gestores acredita que a administração ou a liderança senior das suas empresas não está preparada para implementar uma estratégia digital bem-sucedida. A explicação para esta afirmação reside nos principais desafios que a implementação de uma estratégia digital implica, nomeadamente o considerável investimento que é necessário realizar em ferramentas e recursos digitais e a existência de KPI antiquados que não demonstram o retorno desse investimento a curto prazo.

A relevância desta questão torna-se evidente quando apenas 48% dos mais de 1200 gestores inquiridos no relatório afirma que é dada uma grande importância à formação digital nas organizações onde trabalham. Face aos resultados, o documento tem como objetivo preparar estrategicamente as empresas para uma transformação digital bem-sucedida. É essencial perceber de que forma as transformações digitais podem impactar as empresas, em geral, e as tarefas dos seus colaboradores, em particular.

Como explica Gray Hollet, CMO da Boyden Global Executive Search “os principais líderes percebem que é imperativo que os quadros da administração acompanhem tudo, desde a Inteligência Artificial até ao comércio eletrónico e à análise de dados, ou arriscam a viabilidade da empresa e das suas próprias carreiras”.

No inquérito, os gestores assumem maioritariamente duas posições. Por um lado, grande parte afirma serem criadas funções executivas exclusivamente para responder aos desafios criados pelo novo cenário digital. Por outro, alguns gestores assumem que existe uma reorganização de determinados departamentos para a implementação de estratégias para a transformação digital.

Para Fernando Neves de Almeida, Managing Partner da Boyden Global Executive Search Portugal, “na Boyden temos como objetivo identificar, de forma eficaz, os melhores profissionais para garantir o sucesso das estratégias digitais nas empresas portuguesas. É importante integrar nas empresas uma nova geração de líderes, que sejam mais ágeis e que não vejam o digital como uma tarefa a ser realizada, mas sim como uma cultura e uma mentalidade. Cada vez mais os gestores de topo têm a noção da importância desta nova geração, mas ainda falta dar esse passo”.

O estudo veio confirmar a necessidade de os líderes aprofundarem as ferramentas digitais, examinando o seu potencial e implementando estratégias digitais que englobem todos os departamentos e recursos das organizações. Ainda que as habilidades digitais sejam importantes, as características pessoais e os traços de liderança são críticos para guiar as empresas neste contexto de mudança digital.

In the Media
Boyden no Top 10 da Forbes pelo terceiro ano consecutivo

Pelo terceiro ano consecutivo, a Boyden integra o Top 10 do ranking America's Best Executive Recruiting Firms da Forbes. Nesta iniciativa, desenvolvida em parceria entre a revista Forbes e a Statista, estão avaliadas as 200 principais empresas especializadas em recrutamento de posições de top management com processos de Executive Search. Numa altura em que a guerra pelo talento se intensifica e as organizações se deparam com dificuldades para atrair os colaboradores que precisam para ter êxito, a Boyden, consultora de referência especializada em Executive Search, continua a marcar a sua posição no ranking global de performance da publicação, reflexo de uma estratégia bem-sucedida, centrada no cliente e no compromisso com um serviço de excelência.

Saiba mais aqui. 

<
>
This website uses cookies to ensure you get the best experience on our website.  Learn more